No dia 27 de novembro aconteceu na Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Olaria, às 19h, Santa Missa em louvor à Padroeira, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Edney Gouvêa Mattoso. Concelebraram o Pároco de Nossa Senhora das Graças, Pe. Fábio Felippe, o Reitor do Seminário Diocesano, Pe. José Ruy Júnior, o Vigário Paroquial de Santo Antônio e São Francisco de Assis, Pe. Fernando Pacheco, e Pe. Wander Luiz dos Santos.

Na homilia Dom Edney abordou o poder da intercessão de Nossa Senhora. “É verdade que só temos um mediador junto do Pai, que é nosso Senhor Jesus Cristo, mas é também verdade que Jesus nos confiou num momento supremo da sua vida a sua própria mãe: Maria. Ali ao pé da Cruz, Ela   recebeu  a   cada  um de nós como seus filhos. E a

Festa em louvor a Nossa Senhora das Graças

 pergunta que eu faço: qual é a mãe que não pede, que não intercede pelos próprios filhos?”

E prosseguiu.

- Estamos acompanhando situações, por exemplo, no nosso Brasil catastróficas. Uma nação que está caminhando para o buraco. Mais do que nunca é tão necessário que nos acerquemos da Virgem, que imploremos a ela, como filhos que somos, a sua maternal proteção. Que ela olhe com estes olhos maternos para nós, que nos fortaleça, nos inspire, interceda por nós junto do seu filho Jesus, para que nós não esmoreçamos, não desanimemos, não nos cansemos e acima de tudo não percamos a esperança.

Destacou ainda o Evangelho do dia, segundo São João, tendo como temática: As Bodas de Caná.

- Quando Maria viu que já não havia mais vinho, foi procurar Jesus. E disse: meu filho eles já não têm mais vinho. A resposta de Jesus só pode ser compreendida em chave teológica. Mulher, a minha hora não chegou. Jesus não responde a sua mãe, Jesus responde à mulher a quem Deus fez a promessa. Eis que porei inimizade entre ti e a mulher, falava à serpente, esta te esmagará a cabeça, enquanto tu lhe ferirás o calcanhar. É a luta entre o bem e o mal protagonizada por uma mulher. Esta mulher a quem Jesus responde: calma a minha hora não chegou. É a mulher da promessa.

Nos momentos finais da Santa Missa, o Prelado agradeceu ao Pe. Fábio Felippe pelo período de dedicação enquanto Vigário Episcopal Sede. “Pe. Fábio sempre foi muito dedicado e muito fiel ao Bispo Diocesano. Quero agradecer a ele com muito carinho. Ele sabe que ele deixa o Vicariato por uma missão maior e mais desafiadora ainda, que é tornar o Colégio Nossa das Graças numa verdadeira potência da Educação Católica aqui em Nova Friburgo e, mais especialmente, em Olaria”.

Dom Edney abençoou ainda as Medalhas Milagrosas, grande símbolo da devoção à Nossa Senhora das Graças. Logo após, os devotos caminharam em procissão luminosa pelas ruas do bairro.  Fechando a noite, todos participaram na quadra do Colégio NossaSenhora das Graças de um animado louvor com Ministério de Música do movimento Caminhada de Emaús.

 

Dias de festejo

 

Celebrações Eucaristias, ofertório vivo, música, show de prêmios e outros completaram a programação, que aconteceu entre os dias 18 e 29 de novembro. De 18 a 26, às 19h, centenas de fiéis participaram da novena da Padroeira, que aconteceu durante as Celebrações Eucarísticas. Na quarta-feira, 18, o Vigário Episcopal do Litoral, Pároco de Nossa Senhora de Fátima, em Macaé, e anterior Pároco deNossa Senhora das Graças, Pe. Gelcimar Petinati, foi o convidado para iniciar a novena. Na quinta-feira, 19, a Comunidade Paroquial acolheu o Pároco de Santo Antônio e São Francisco de Assis, no Centro, Pe. Jandir Corrêa.

Já na sexta-feira, 20, Pe. Fernando Pacheco celebrou ressaltando sua alegria em estar em sua Paróquia de origem e ter a oportunidade de  reencontrar muitos amigos e familiares. No sábado, 21, o Pároco de São Roque, em Olaria Pe. Flávio Jacques, presidiu acompanhado por dezenas de seus paroquianos. No domingo, 22, Solenidade de Cristo Rei do Universo, o Pároco de Nossa Senhora dasGraças, Pe. Fábio Felippe, celebrou destacando o Senhorio de Jesus. “Se nós acreditamos que Jesus Cristo é o Rei dos Reis, o enviado por Deus Pai, temos o dever moral e batismal de anunciá-lo entre as nações”.

Na segunda-feira, 23, foi convidado para presidir o Pároco de São Sebastião, em Lumiar, Pe. Jorge Eduardo. Na terça-feira, 24, Pe. Fábio celebrou novamente e na quarta-feira, 25, o Chefe do Gabinete Episcopal, Pe. Rodrigo Fonseca. Por fim, na quinta-feira, 26, o Vigário Geral e Pároco da Catedral Diocesana, Pe. Marcus Vinícius Macedo, presidiu encerrando os dias de novena. Na homilia destacou o poder da intercessão de Nossa Senhora. “Podemos passar por diversas contrariedades durante o nosso dia, mas se invocamos o nome de Maria, até o demônio treme no inferno”, afirmou.

No sábado, 28, dia de Santa Catarina Labouré, noviça que teve as visões e diálogos com Nossa Senhora das Graças, às 18h, Pe. Fábio presidiu a Celebração Eucarística seguida de Show de Prêmios com sorteios de: notebook, geladeira, microondas, máquina de lavar roupas, TV de 32 polegadas e prêmios extras. No domingo, 29, às 16h, aconteceu a tradicional carreata pelas ruas da cidade. Às 19h, Santa Missa com a Coroação de Nossa Senhora das Graças, realizada pela Catequese da Paróquia. Antes da benção final, Pe. Fábio agradeceu a todos que colaboraram e participaram desta edição da Festa de Nossa Senhora das Graças. 

Dias de festejo

 

Celebrações Eucaristias, ofertório vivo, música, show de prêmios e outros completaram a programação, que aconteceu entre os dias 18 e 29 de novembro. De 18 a 26, às 19h, centenas de fiéis participaram da novena da Padroeira, que aconteceu durante as Celebrações Eucarísticas. Na quarta-feira, 18, o Vigário Episcopal do Litoral, Pároco de Nossa Senhora de Fátima, em Macaé, e anterior Pároco deNossa Senhora das Graças, Pe. Gelcimar Petinati, foi o convidado para iniciar a novena. Na quinta-feira, 19, a Comunidade Paroquial acolheu o Pároco de Santo Antônio e São Francisco de Assis, no Centro, Pe. Jandir Corrêa.

Já na sexta-feira, 20, Pe. Fernando Pacheco celebrou ressaltando sua alegria em estar em sua Paróquia de origem e ter a oportunidade de  reencontrar muitos amigos e familiares. No sábado, 21, o Pároco de São Roque, em Olaria Pe. Flávio Jacques, presidiu acompanhado por dezenas de seus paroquianos. No domingo, 22, Solenidade de Cristo Rei do Universo, o Pároco de Nossa Senhora dasGraças, Pe. Fábio Felippe, celebrou destacando o Senhorio de Jesus. “Se nós acreditamos que Jesus Cristo é o Rei dos Reis, o enviado por Deus Pai, temos o dever moral e batismal de anunciá-lo entre as nações”.

Na segunda-feira, 23, foi convidado para presidir o Pároco de São Sebastião, em Lumiar, Pe. Jorge Eduardo. Na terça-feira, 24, Pe. Fábio celebrou novamente e na quarta-feira, 25, o Chefe do Gabinete Episcopal, Pe. Rodrigo Fonseca. Por fim, na quinta-feira, 26, o Vigário Geral e Pároco da Catedral Diocesana, Pe. Marcus Vinícius Macedo, presidiu encerrando os dias de novena. Na homilia destacou o poder da intercessão de Nossa Senhora. “Podemos passar por diversas contrariedades durante o nosso dia, mas se invocamos o nome de Maria, até o demônio treme no inferno”, afirmou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No sábado, 28, dia de Santa Catarina Labouré, noviça que teve as visões e diálogos com Nossa Senhora das Graças, às 18h, Pe. Fábio presidiu a Celebração Eucarística seguida de Show de Prêmios com sorteios de: notebook, geladeira, microondas, máquina de lavar roupas, TV de 32 polegadas e prêmios extras. No domingo, 29, às 16h, aconteceu a tradicional carreata pelas ruas da cidade. Às 19h, Santa Missa com a Coroação de Nossa Senhora das Graças, realizada pela Catequese da Paróquia. Antes da benção final, Pe. Fábio agradeceu a todos que colaboraram e participaram desta edição da Festa de Nossa Senhora das Graças.

 

Texto e fotos: Grasiele Guimarães 

   

Clique aqui para visualizar todas 

 fotos dos dias de festa